29.12.12

23.12.12

Estrela da saudade




De novo é Natal e, neste ano, vai ser bem diferente. No dia 25 de dezembro, faz um mês que Tia Lalia nos deixou, ao percorrer o caminho inverso daquele trilhado pelo Menino Deus, que se tornou gente para habitar entre nós. No caso dela, de ser humano maravilhoso, ela se reinventou: virou estrela. Foram anos seguidos de alegria em sua casa, cantando parabéns para o Jesus Pequenino - porque jamais dispensou bolo, velinhas e oração em homenagem ao aniversariante. E, no ano passado, na mesma ocasião, como uma profecia, pediu: "Se no próximo Natal eu não estiver por aqui, quero que vocês continuem reunidos, comemorando.". Que bobagem, você sempre estará conosco, Tia Lalia, pois seu jeito amável e feliz impregnou nossa vida de humanidade. Mas, como aprendizes, ainda não somos capazes de conviver pacificamente com a dor. E a comemoração deixemos que ocorra no céu, pois sabemos que aí, sim, deve haver uma festa linda para marcar sua chegada à morada dos anjos.


pedro antônio de oliveira


Imagem do site de
Stephano Pierini: O menino e a estrela

22.12.12

Aos olhos que eu nunca esqueci



Olho pra trás, diminuo a velocidade
A verdade simplesmente não existe
Preciso nos sentidos um milagre do corpo
Ideias ao entardecer.

Faço planos, crio mundos
Desses de possuir e não ter
Nas ideias os sentidos
Tudo que a gente pode ser.

Não tive tempo pra dizer
Aos olhos que eu nunca esqueci
Desculpa só mais uma vez
Nosso encontro foi talvez.

Venha ficar comigo
Tudo pode acontecer.

"outros planos" 14 bis

17.12.12

Natal de todos nós



Seja uma estrelinha a guiar Deus Menino,
o facho de alegria a iluminar toda gente.
Natal é pra todo mundo:
pra quem está feliz,
pra quem ainda não consegue,
pra quem quer conseguir.

pedro antônio de oliveira