25.2.11

Mude


“O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a ´criança interna` tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.”

autor desconhecido

24.2.11

23.2.11

Dicas joinhas

O Facebook continua me proporcionando boas surpresas. Ontem encontrei o Adriano Messias que se tornou um grande escritor de livros infantojuvenis. Nós estudamos na mesma faculdade. Foi uma época bem feliz. Depois acesse o blog do Adriano e conheça suas obras. Lá você vai achar vários links interessantes. Clique aqui.
...
Outra sugestão é você visitar o site da Editora Aletria e ler um livro inteiro de microcontos organizados por Rosana Mont'Alverne. Clique aqui.

13.2.11

12.2.11

Jogue limpo


O pai virou o resto do farelo de Chips do filho na boca e atirou o pacote vazio na calçada. Ele deve achar que o mundo é uma grande lata de lixo. Tomara que o garoto não tenha aprendido essa lição sujinha.  Ah, mas me deu uma vontade de falar umas verdades... Ainda bem que a Soninha me segurou. Parabéns, Soninha, justamente você, que é tão esquentadinha, agiu com a cabeça.  Foi melhor assim, ninguém consegue resolver um problema com bate-boca. 

Porém não deixamos barato. Fizemos questão de pegar a embalagem do salgadinho, bem na frente do porcalhão, e jogá-la numa lixeira próxima. O sujeito ficou de cara assustada e, pelo visto, entendeu direitinho o nosso recado. Pra completar, Soninha passou um olhar fulminante pra ele. Desaforo! 

A imagem acima eu busquei no blog do Professor Paulo, que anda bastante preocupado com essas questões ambientais. Confira.

Por enquanto, estou aqui refletindo sobre o modo como tratamos nosso planeta. Até quando os "sujismundos de plantão" vão aprontar essa sujeira? E, por falar em "Sujismundo", você se lembra desse personagem? Não? Então corra ao blog do Ricardo, pois nele você irá encontrar a história e uns vídeos do Sujismundo. Sugiro também que visite o site Planeta Sustentável e o blog da Monique. São superbacanas. Depois me conte o que achou.

pedro antônio de oliveira

11.2.11

A torto e a direito


Ó, meu Jesus Cristinho! Apaixonada de novo, menina? 
Procura logo um médico que esse coração só pode estar com defeito.

pedro antônio de oliveira