10.12.11

Só pra viver em paz


Olha lá, quem vem do lado oposto
Vem sem gosto 
De viver
Olha lá, que os bravos são
Escravos sãos 
E salvos de sofrer
Olha lá, quem acha que perder
É ser menor na vida
Olha lá, quem sempre quer vitória
E perde a glória 
De chorar.

Eu que já não quero mais ser um vencedor
Levo a vida devagar 
Pra não faltar amor.

"O vencedor" los hermanos

8.12.11

30.11.11

Antologia de textos de oficinas literárias vira livro


Longe da ideia de que a escrita é sinônimo de exercício solitário, “Oficina da Palavra” é o resultado do trabalho de mais de 30 mãos. A antologia de crônicas, contos e poesias contempla produções de um grupo de autores bastante heterogêneo. Médicos, professores, arquitetos, estudantes e outros interessados se reúnem em noites de oficinas literárias para abrir as portas da imaginação. O livro, fruto desses encontros, foi lançado na segunda-feira, dia 5, em Belo Horizonte (MG).

A escritora Dagmar Braga, finalista do Prêmio Jabuti em 2009, é responsável por costurar as 62 cria­ções presentes na obra, que possui 176 páginas. Ela mantém o espaço cultural Letras e Ponto e coordena oficinas de criação literária há 20 anos. “Oficina da palavra” é a segunda antologia publicada pelo Letras e Ponto.

As reuniões são abertas a todos e o objetivo é escrever a partir da memória, da imaginação, da observação e da inter­textualidade. O esforço de edição também é conjunto. Um tempo fica reservado para a leitura coletiva e os participantes têm a oportunidade de palpitar no texto do colega. O espaço cultural ainda acolhe outras atividades, como saraus, debates, palestras, mostras e apresentações.



Minha querida amiga Cleide Fernandes, uma das autoras do livro

27.11.11

Um blog perfeito


Eu descobri um lugar tão lindo, que você precisa conhecer. 
É o QUE SEJA INFINITOda querida Cibele Bacellar. 
Clique aqui e comece a sonhar.

pedro antônio de oliveira 

26.11.11

Só o dinheiro tem valor?

O Oráculo, a Soninha e eu estamos muito desconfiados de que essa história de construção da Usina de Belo Monte é uma tremenda furada. Por isso, decidimos não ficar em cima do muro. Toda vez que alguma coisa estiver cheirando esquisito, vamos "botar a boca no trombone". E se eu fosse você faria o mesmo. Veja o vídeo. Procure se informar. Afinal, moramos no mesmo planeta.






pedro antônio de oliveira

19.11.11

Bem assim


Ontem eu contei verrugas com este meu dedo.
Será que vai nascer alguma estrela?

pedro antônio de oliveira

Mostra de Cinema Infantil de Belém



Cinema se aprende desde cedo. A meninada deu um show nas oficinas de animação em Belém do Pará. A cultura amazônica foi bem representada nos filminhos que as crianças produziram este ano. 
No YouTube, você vai encontrar muitos outros também legais.

Nem aí


Me ajude a matar essa vontade de fazer nada.

pedro antônio de oliveira

17.11.11

Prece para clarear o dia


Todos os dons que ganhei
Façam de mim um rei
Não em castelos
Não em tesouros
Mas em amor
Compaixão
E respeito
Por aqueles que amam
Ou que, por ignorância, só ferem.

pedro antônio de oliveira

Gostosura viver


A Bebel me deixa com cara de pastel
Pastel de vento
Que é pra voar lá longe
Onde a tristeza nunca vai me alcançar.

pedro antônio de oliveira

5.11.11

Promessinhas pra mim mesmo


Super Bonder na linguinha;
 - Paciência com gente chatinha;
 - De vez em quando sair da linha.

pedro antônio de oliveira

Perto do Coração Selvagem


Liberdade é pouco. 
O que eu desejo ainda não tem nome.

clarice lispector

Perto do Coração Selvagem é o romance de estreia de Clarice Lispector. Publicado originalmente em dezembro de 1943, o livro é marcado pelo estilo introspectivo da escritora. Recebeu muitas críticas positivas na época, tendo sido premiado como melhor romance de estreia pela Fundação Graça Aranha, em outubro de 1944. Saiba mais. Clique.


Uma vez a Clarice disse assim: 

“Há três coisas para as quais nasci e para as quais eu dou minha vida. Nasci para amar os outros, nasci para escrever, e nasci para criar meus filhos.
Amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca.”
“Era o meu sonho ter várias vidas. Numa eu seria só mãe, em outra vida eu só escreveria, em outra eu só amava.”

Visite o blog dela. Clique aqui.

27.10.11

11.10.11

Não adulteça


Ser criança é fazer muitos planos
Sem dar bola pro impossível
É ter amigo invisível
É despistar a maldade
É congelar o relógio
E ainda tirar onda com o tempo
Sempre tão pequeno
Diante dos sonhos imensos.

pedro antônio de oliveira

2.10.11

Uma carta de presente



Recebi, com alegria, uma cartinha da leitora Mayra Cruz, do bairro Capitão Eduardo, em Belo Horizonte, MG. Trata-se do projeto Correspondência, uma ação de estímulo à leitura para crianças e adolescentes. A ideia é incentivar os leitores a terem contato com obras de escritores com os quais seja possível se corresponder. O jovem lê um livro ou mais e escreve uma cartinha para o autor, comentando sobre a leitura ou fazendo alguma pergunta. Parabéns à coordenação do Carro-Biblioteca, da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa! Foi um enorme presente! 


Durante a divulgação do projeto, os leitores não acreditaram na possibilidade de se corresponderem com um escritor, o que, para muitos, parece ser algo etéreo, incorpóreo. O projeto vai ajudar a mudar isso!

pedro antônio de oliveira

5.9.11

Salão do Livro Infantil e Juvenil de Minas Gerais

Você está convidado(a) para a festa!  
É livro que não acaba mais. Cada um mais lindo que o outro. 
 

Até o dia 11 de setembro, a turminha nanica, a galera teen e os adultos (claro!) vão se deliciar com uma intensa programação, que inclui bate-papo com autores famosos (Ferreira Gullar, Ziraldo, Bartolomeu Campos de Queirós e muitos outros), contação de histórias, espetáculos teatrais, oficinas e lançamentos imperdíveis. 

Hoje eu estive por lá e adorei!  O Salão busca promover a democratização do livro, o encantamento literário e o desejo pela leitura. 

E não se esqueça de passar no estande da Livraria Leitura, onde estão meus dois livros: Metade é verdade, o resto é invenção e Uma história, uma lorota... e fiquei de boca torta!. 


O Salão do Livro Infantil e Juvenil está sendo realizado na Serraria Souza Pinto,
Avenida Assis Chateaubriand, 809, Floresta,
Belo Horizonte, MG

pedro antônio de oliveira

12.8.11

Viver vale ouro


...
É no seu farol
Que eu vou prosseguir
Quero ver o sol brilhar.

Estação final:
Parar de sofrer
Vai ser tão normal ser feliz.
(...)
...
"no trem do amor" flávio venturini e ronaldo bastos

3.8.11

O Petros agora é meu herói


De longe, já se ouve aquela alegria. Eles correm pelas ruas atrás de um caminhão e, por onde passam, fica tudo mais limpinho. A animação dos garis conquistou o coração do garoto Petros de Barros. Para ele, os profissionais da limpeza urbana são seus verdadeiros heróis. Tanto que Petros pediu que sua festa de aniversário de 4 anos tivesse como tema essa tão digna profissão. O exemplo só podia vir mesmo de uma criança.



Histórias assim abrem no meu peito uma janela imensa de esperança. E no seu?

pedro antônio de oliveira

22.7.11

Versão digital


Ofereço a você, querido(a) leitor(a), a versão ePUB (livro digital) do Metade é verdade, o resto é invenção. Clique aqui. Uma novidade bem bacana!


O livro físico (aquele que você já conhece, de papel) está  temporariamente esgotado. Mas, em agosto, uma edição novinha estará disponível nas livrarias e nos sites. Enquanto isso, veja quantas instituições curtiram o Metade é verdade, o resto é invenção. Clique.


Muito obrigado! 
                                               pedro antônio de oliveira 

11.7.11

Dicas da Ana Clara


Eu adorei encontrar esse vídeo com as dicas da Ana Clara. Nele, ela recomenda a leitura dos livros Metade é verdade, o resto é invenção e Uma história,  uma lorota... e fiquei de boca torta!. Muito obrigado, Ana! Você é um doce! Um talento! 
Um abração beeeem forte do seu amigão aqui! Tchau. :)

pedro antônio de oliveira

9.7.11

Arsenal da Esperança


Hoje, pela manhã, eu vi uma matéria bem legal na tevê e decidi compartilhar com todo mundo. Porque eu sempre acho que as coisas têm jeito.


pedro antônio de oliveira

30.6.11

Pedalinho

...
Pedala, pedala
Pedala, pedalinho
Me leva pra longe
Bem devagarinho.

O mar tá bonito 
Tá cheio de caminhos
Pedala, pedala
Pedala, pedalinho.

"pedalinho" bia bedran

25.6.11

Lá-lá-larí-lá-iá...


Acorda ligeira e vem olhar que lindo
Sobre o morro
Sol se debruçar
Leite novo
Espuma dessa madrugada
Passarada
Vem te despertar
Tantos pés descalços
Posso ver 
Meninos a correr
Na direção do dia. (...)

"acontecência" cláudio nucci

23.6.11

Essência


Seja alguém simples. Seja algo que você ama e entende. 
Esqueça o resto, tudo que você precisa está na sua alma e em seu coração.
...
caio fernando abreu
...
Conheça o Caio. Clique.

Moradoras de um antigo quilombo perto de Lençóis, no interior da Bahia.

A imagem acima é do fotógrafo Marcio Fernandes de Oliveira

22.6.11


Estrelas são os olhos de Deus vigiando para que corra tudo bem. 
Para sempre. E, como se sabe, "sempre" não acaba nunca.

clarice lispector
Visite o blog da Clarice.

(Trecho extraído de "Como nasceram as estrelas: doze lendas brasileiras". 
Rio de Janeiro, Rocco, 1999)

13.6.11

Com as chaves da igreja

Eu e a Viviane

O "Antônio" em meu nome é homenagem a Santo Antônio. Minha mãe fez uma promessa para que eu nascesse vivinho da silva e com saúde, pois havia um risco enorme de dar tudo errado. A história é longa. Quem sabe um dia eu conto... 

"Pedro" vem do meu pai. Ele fez questão que eu tivesse o nome dele. Era para eu me chamar Davi, Cristóvão... sei lá... Mas meu pai bateu o pé e até fez beiço. Mamãe concordou: "Bota Pedro, então!". Daí me tornei duas vezes santo: Pedro Antônio (rsrs). 

Hoje, dia 13 de junho, não podia deixar de prestar uma homenagem ao querido casamenteiro que me presenteou, aos cinco anos de idade, com uma esposa. Veja aí na foto. Pena que ela me largou no altar mesmo, logo após a cerimônia. Nem tudo é perfeito. Para quem sonha em arrumar casamento e acredita em Santo Antônio, não custa tentar umas simpatias

pedro antônio de oliveira


E eu dancei...

12.6.11

Pra mim, você é tudo

...Toma, agora ele é seu.

pedro antônio de oliveira

Ai, ai... Consegue ver coraçõezinhos pelo ar? Pois é o dia dos namorados. Mas, se você ainda não encontrou a outra "metade da laranja", a "tampa da sua panela", não liga não! Ela está por aí mesmo e quando você menos esperar... 
Uma dica: se estiver sozinho(a), evite hoje lugares públicos. Nada de shopping, cinema, lanchonete... Você pode dar de cara com muitos casais apaixonados. Vai sentir uma dorzinha no cotovelo ou no coração. E quem avisa amigo é (rsrs).

Quer saber quem inventou essa história de dia dos namorados? Com certeza, deve ser alguém bastante romântico. Clique aqui.

8.6.11

Gostei de você

"Eu queria que você soubesse: Sempre gostei de você, do teu jeito de vestir todo desleixado, do teu cabelo mal lavado, dessa tua cara de sono eterno, das tuas roupas bufentas e emboloradas, da tua teimosia, do teu gosto duvidoso, da tua maneira de escrever no MSN, da tua conversa fiada, da tua timidez, da tua alergia a todos os remédios do mundo que fazem inchar teu olho esquerdo, da tua péssima dicção, do teu olhar doce, da tua inocência e até da tua covardia para as coisas triviais." (...) 

Esse texto é um pedacinho do post "Para F., com afeto.", da Macela Barreto, de Recife, Pernambuco. No seu blog Oh, Cells!, ela se diz míope e canhota. Se míope e canhota ela já escreve de um jeito tão gostoso assim, imagine se não fosse então... 
A propósito, você já teve vontade de se declarar a alguém e ficou sem coragem? Quem sabe postar uma mensagem bem bacana no seu blog funcione como ponto de partida para dizer "Te amo", de uma maneira sutil e carinhosa!

28.5.11

Meu querido planeta



Você já ouviu falar em consciência planetáriaAinda não?

Consciência planetária é um movimento social em defesa da vida, baseado em um modelo de convivência harmoniosa entre os seres humanos e os demais seres viventes que habitam o planeta. Em outras palavras, é a necessidade de promover o bem comum e não a unilateralidade. É aproveitar o que a Terra tem de melhor, mas se preocupando sempre com o outro. Isso implica  respeitar todas as formas de vida, não destruir o que é seu e de todos, dar exemplos de cidadania e amor, além de inúmeras ações desse tipo.

Para o teólogo brasileiro Leonardo Boff, a Carta da Terra - declaração de princípios éticos fundamentais para a construção de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica - nos dá a noção exata do caminho, o qual devemos seguir.

O grande problema é que a consciência planetária enfrenta sérias resistências. De quem? Ora... de grupos capitalistas conservadores, elites econômicas que exploram sem medida os recursos naturais, grupos políticos que só querem estimular o consumismo, em busca de poder, e qualquer pessoa que considere natural o domínio do ser humano sobre as demais criaturas.

Acesse os links desse texto, informe-se mais e mais por meio de outras fontes e não deixe de lutar por uma consciência planetária.  O mundo, a cada momento, muda um pouquinho pelas mãos de quem toma atitudes positivas e deixa de lado a omissão.

pedro antônio de oliveira

Fonte: Revista Conhecimento Prático Filosofia

21.5.11

Uma escola cheia de vida


A meninada deu um show!
A felicidade foi toda minha em poder participar, no dia 30 de abril, da XI Feira Literária da Escola Municipal Míriam Brandão, em Belo Horizonte, que recebeu esse nome em homenagem a uma menina linda, que aos cinco anos de idade foi sequestrada e perdeu a vida nas mãos de pessoas cruéis. Tudo aconteceu em 1992, mas, incrível!, parece que foi ontem

Esta é a Míriam Brandão.
Encontrei um lugar repleto de crianças bem pequenas, feito a Míriam, e de profissionais que levam muito a sério a missão de educar. A mãe dela, a Jocélia Brandão, doou para a escola os brinquedos, os livros e outros pertences da filha, e lá foi organizado um cantinho especial, pra que todos possam sempre se lembrar com carinho da Míriam.

Olha só quanta gente miúda feliz!
A festa do livro reservou surpresas bem legais, como teatro, jogral, contação de histórias, números de dança e bate-papo com escritores.

De uma "caixa mágica", saíram os nomes e as histórias
dos autores que participaram da feira 
A escola teve ainda uma ideia bacana: criou o Escambo Literário. Sabe como funciona? Quando alguém doa livros, recebe na hora um vale-literatura e pode trocá-lo por outra obra de sua preferência. Daí, os livros nunca ficam parados, passam de mão em mão e enchem de sonhos a imaginação de um montão de pessoas.

O projeto segue até o fim do ano.
Jocélia Brandão 
 Uma praça no bairro Dona Clara, em Belo Horizonte, também ganhou o nome da Míriam, outro sinal de que a maldade jamais será capaz de tirar do nosso coração a presença de quem a gente ama.

A praça Míriam Brandão fica na região da Pampulha, em BH

pedro antônio de oliveira

25.2.11

Mude


“O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a ´criança interna` tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.”

autor desconhecido

24.2.11