11.10.10

Você se lembra?


Infância é aquele capítulo da história
em que o mundo flutua levinho.

pedro antônio de oliveira

21 comentários:

Analuci disse...

E que leveza!

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Se eu me lembro? Faço o possível para não sair dele. Assim dou continuidade a vida com todas as fases e alegrias ocorrendo simultaneamente. Leves e suaves... ^^


Meu Blog a quem quiser visitar:

http://codignolle.blogspot.com

Meu Twitter a quem tiver:

http://twitter.com/guicodignolle

o/

Dan disse...

Lembro sim!!!!!!!!!Quando flutuava levinho pelo mundo...

Morena disse...

Menino Pedro!!!!

Temos que guarda dentro de nós essa leveza da infância para que a dureza da vida adulta não nos deixe vazios de sensibilidade, alegria, inocência que as crianças possuem..:D
Um xerim dentro do seu coração lindo como de uma criança..
=***

Suziley disse...

Levinho como um coração puro de criança!! Linda postagem querido Pedro!! Um ótimo dia, beijos no seu coração ;)

O Antagonista disse...

100% correto! Nem precisa dizer mais nada... essa definiçao me basta!

Valeu.

J.J. disse...

Ah, eu não queria passar dessa fase! É uma fase linda mesmo!

Rafaela Andrade disse...

Não podemos nunca esquecer e digo mais: temos que tentar ser criança sempre.
Beijos!

Mimirabolante disse...

Feliz Dia das Crianças para vc ,menino Pedro!!!!bjcas

Mimirabolante disse...

Feliz Dia das Crianças para vc ,menino Pedro!!!!bjcas

Janaina Cruz disse...

Ah, a minha infância querida, divertida, colorida...

Tatuagem disse...

Tão levinho que nunca cai e continua flutuando a vida toda...

Beijos

Gisa disse...

Pedrinhoooooooooooo !!! quanto tempo amado escritor, como anda a vida ? pelo visto curtindo histórias de infância...

bjao grande

Roberta Mendes disse...

Antes da bolha de sabão estourar, sem alarde, como é de seu feitio de bruma, vemos de relance nela refletido nosso mais caprichado sorriso, feito da arquitetura de sonhos e coisas todas por viver.

Regina Coeli Carvalho disse...

Olá,
Minha visita hoje é em prol de um assunto especial. Postei lá no Canteiros o Caso Joanna Marcenal, mais um dos casos de impunidade nesse nosso país.
Conto com a sua ajuda para nos ajudar a divulgar. Se puder traga o selinho para seu blog.
Em breve vamos organizar uma blogagem coletiva.
Conto com você.
Meu abraço.

Lúu Almeida disse...

Levinho por que havia a pureza..
nada melhor!!

Flores!

Lúu Almeida disse...

Seu universo encontra-se no meu "Divagando"..

Flores!

Graça Carpes disse...

Lindo... Tudo aqui!

MEUS PENSAMENTOS disse...

Oi Pedro como vc esta?minha infancia no foi boa ...pai com problemas com alcoo e violento foi dificil mas superamos..um bjo!!aparece viu?rs

barulhos disse...

Como era bom ser criança e andar descalço pela rua...


abraços

Geh disse...

eu amo tanto tanto te ler poeto** parece que ce entro dentro de eu e ranco coisas de la uashuasha

bjos te amo