20.8.10

O lado bom


Tudo azul
Completamente blue
Vou sorrindo, vou vivendo
Logo mais, vou no cinema
No escuro, eu choro
E adoro a cena.

(...)

Como é estranha a natureza
Morta dos que não têm dor
Como é estéril a certeza
De quem vive sem amor, sem amor.

"Completamente Blue" cazuza / george Israel / nilo roméro / rogério meanda

6 comentários:

Joel Vieira disse...

Sou até suspeito pra falar, eu adoro Azul

Suziley disse...

Tudo azul, beijos no seu coração ;)

Carol Fonseca disse...

eu amo cazuza! q bom q voltou pedro!

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Não sei pq raios me lembrei de uma musica...

http://www.vagalume.com.br/eiffel-65/im-blue-traducao.html

Acho que os poucos versos alcançaram alguma coisa...

http://codignolle.blogspot.com/

Morena disse...

Menino Pedro!!!!!!!!

Lindo que escreveu, adoroo azul e ainda mais a vida pode nos mostrar, azul, rosa, verde, branca as cores que nossa felicidade se mostrar..
um xerim
=***

cris belier disse...

Minha preferida do Cazuza foi construída por´: Dé ,Bebel Gilberto e o próprio! Num dueto com Bebel ele foi singular. e ela nossa!


Preciso dizer que te amo

Quando a gente conversa
Contando casos, besteiras
Tanta coisa em comum
Deixando escapar segredos
E eu não sei que hora dizer
Me dá um medo, que medo

É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
É, eu preciso dizer que eu te amo tanto

E até o tempo passa arrastado
Só pra eu ficar do teu lado
Você me chora dores de outro amor
Se abre e acaba comigo
E nessa novela eu não quero
Ser teu amigo

É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
É, eu preciso dizer que eu te amo tanto

Eu já nem sei se eu tô misturando
Eu perco o sono
Lembrando em cada riso teu
Qualquer bandeira
Fechando e abrindo a geladeira
A noite inteira

Eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que eu te amo tanto

Carpe Diem! E música sempre! bj!