8.5.10

Mães e filhos


Ela guarda numa caixa meus primeiros desenhos disformes e eu as lembranças: o João-Bolinha que me ajudou a colorir, o jeito de arrumar a alça da merendeira no meu corpo.

Seu rosto no portão da escola, os olhos luminosos ao me ver chegar no fim daquelas tardes sempre infinitas.

A gente briga. Ela já me fez "pagar micos". Já prometemos um pro outro começar do zero. Mas costuma dar errado. Mas costuma dar certo também. 

Até hoje eu não consegui entender por que a gente sofre e faz sofrer às vezes. 

O amor é uma confusão ou é simples demais para ser entendido.

pedro antônio de oliveira

22 comentários:

Morena disse...

Menino Pedro!!!!

Mãe é um ser que é único.. Se tiver que passa fome pro filho não passar ela passa, se tiver que esconder as lágrimas e rir dos problemas para que seu filho não perca a esperança ela solta a maior gargalhada do mundo.. Bendita sóis todas as mães do mundo, aquelas de sangue e aquelas de coração.

P.S- A minha se chama Ana, pequena no tamanho mais enorme na garra e no coração que criou dois filhos sendo mais que mais, sendo a melhor amiga do mundo...
Um xeruuu nesse coração..
t.a
=***

Carol Fonseca disse...

lindo pedro,
sempre nos emocionado...
um beijo pra sua mãe!

MEUS PENSAMENTOS disse...

lindo pedro,lindo mesmo!!!

parabéns pela homenagem!bjs!marcia

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Pedro
O texto é lindo, mas as fotos são simplesmente maravilhosas.
Grande abraço

Analuci disse...

Oi,Pedro

Linda sua homeangem! Também fiz uma homenagem a minha mãe, no blog Olho Magico. Com sua licença, vou postar uma parte da sua lá também:
"Minha mãe se chama Joana. É uma mãe normal, feita por Deus sob medida para caber no meu peito. Eu é que sou pequeno pro coração dela." Com os devidos créditos.Tudo bem?

J.J. disse...

Nossa, Pedro! Que texto lindo e simples! Gostei principalmente do final qdo vc fala que sua mãe é pequena de aparência e grande de coração!! O amor de mãe é lindo mesmo, só não diria que é um amor incondicional porque há muitas mães desnaturadas por aí!

Abraço.

[ rod ] ® disse...

Texto grandioso meu caro. Amor de mãe é incondicional e mesmo em erro é o maior dos acertos.

Grande abs!

Mikaele Tavares disse...

Menino, que texto simples e lindo.
Adorei a sua declaração pra sua mãe neste dia tão especial para todas as mães!

Muito fofo

Beijos

KàáH disse...

"O amor é uma confusão ou é simples demais para ser entendido."
Assim mesmo que amamoos... Principalmente esse ser que Deus criou !! Lindo texto Pedro!
Feliz dia das Mães para todas as Mães !

Bjuz

Ira Buscacio disse...

Pedro, que bela homenagem! Joana deve ter mt orgulho desse seu menino.
bjs

Nati disse...

Eitaa que to sensivel rsrrs. Lindo texto. amei.
Um beijo

A Moni. disse...

É amor e isso basta!
Adorei o texto e as imagens. Mais maternais, impossível!

Beijos

Mimirabolante disse...

Adorei o texto,as fotos......vc deve ser um grande filho!!!!Parabéns!!!!!

Angel disse...

Pedro, minha mãe tem o mesmo nome da sua... O que me fez gostar ainda mais do texto, com o qual já havia me identificado antes de ler as letrinhas miúdas. Mãe é tudo igual, só muda de endereço, porque nem de nome anda mudando mais... rs.

Abraço!

P.S.: E esse primeira foto... Coisa mais linda!!

descobrindothaina disse...

linda suas palavras!
gostei daqui :)
beeijos ;*

Pipa. A que ama. disse...

Um sentimento assim tão grande, faz é esticar a alma. (rs) E já esticou tanto que ela não cabe mais no corpo.


Isso aqui tá uma belezura viu!

Um beijo Pedro Criança

Rahssi disse...

Que lindo, Pedro!
Belíssima homenagem..
BjO! :)

Luara Q. disse...

voce escreve muito bem (:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Pedro! Quando da minha viagem à Recife em virtude do falecimento da Enice, (minha ex esposa) devido à urgência, não bloqueei a memória do meu sócio, secretário e fiel colaborador. Acontece que, quando retornei encontrei o mesmo gravemente enfermo, pois devido às constantes e longínquas viagens impostas pelos meus queridos netos, foi vítima da invasão de alguns malfadados vírus que, como verdadeiros cânceres, danificaram totalmente a sua memória, forçando-me a levá-lo ao especialista para transplantá-la. Portanto, mais uma vez solicito a valiosa e honrosa compreensão de todos, no sentido de perdoar-me em função de mais um período de ausência, prometendo atualizar as visitas, retribuindo a todas, pois quem visita, merece e quer ser visitado.

Abraços e fique com DEUS.

Furtado.

Cacau disse...

Mãe!!

Histórias de uma Contadora disse...

Bom dia, Pedro.Eu faço parte da Pastoral da Criança e estou começando contar histórias em uma comunidade próxima a minha casa. Em fuñçao disto criei outro blog:
http://vouemboraparaparsagada.blogspot.com/ no qual tive a ousadia de incluir uma história que estão no seu blog.Um abraço - Nice. Pedro se você quiser eu retiro as histórias afinal não pedi sua permição, mas citei a fonte - um abraço - Helenice (Nice Baêta).

Anônimo disse...

Bom dia, Pedro. Eu faço parte da Pastoral da Criança e estou começando contar histórias em uma comunidade próxima a minha casa. Em função disto criei outro blog:
http://vouemboraparaparsagada.blogspot.com/ no qual tive a ousadia de incluir está história que esta no seu blog. Um abraço - Nice. Pedro se você quiser eu retiro a história afinal não pedi sua permição, mas citei a fonte - um abraço - Helenice.