30.12.09

Viva 2010!




Na hora em que os fogos explodirem no céu, o seu coração fará a maior festa! Haverá em toda parte um maravilhoso desejo de que o mundo encontre seu rumo. É assim todo ano.
No entanto, o mais feliz dos sonhos me diz que é dentro de mim e de você que o novo surge como promessa!

Um mágico 2010 para todos nós!

PEDRO ANTÔNIO DE OLIVEIRA

27.12.09

Amenidade


O coração deve ser macio para receber as palavras duras.
Porque duro com duro só constrói muro.

PEDRO ANTÔNIO DE OLIVEIRA

24.12.09

Noite Feliz!



Um feliz Natal a você que sempre ou de vez em quando passa por aqui e deixa seu carinho em forma de comentários!
A sua amizade transforma minha vida!
Desejo que o Menino Jesus abençoe seus caminhos com amor, saúde, conquistas e um infinito de alegrias!

PEDRO ANTÔNIO DE OLIVEIRA

22.12.09

Prenúncio de esperança


Eu sempre contei estrelas e aponto pra elas com um certo ar de cumplicidade. Nunca tive medo de nascer verruga na ponta do dedo, porque acredito na ternura que toda estrela carrega ao iluminar o céu daquele jeito festeiro de quem quer contar uma novidade.

PEDRO ANTÔNIO DE OLIVEIRA

19.12.09

Prece molhada


Poderoso Dono do Maior Chuveiro da Terra
Por favor, proteja todo mundo direitinho
Dos chuviscos, chuvas chovidas, temporais.

(É porque aqui, onde eu moro, chovendo muito)

PEDRO ANTÔNIO DE OLIVEIRA

14.12.09

Bulhufas!


A Soninha, minha amiga número um (às vezes, inimiga número zero!), me mandou um desenho todo colorido; até bonito, cheio de formas... Diz ela que significa a vida!

_ A vida, Soninha? Como assim? Não entendi nada desse troço!
_ Então! - respondeu entre dentes e sorrisinhos.


PEDRO ANTÔNIO DE OLIVEIRA

1.12.09

Histórias para sonhar



OREOSVALDO, O PÁSSARO DAS SOMBRAS - Editora Lê


Oreosvaldo é um avestruz tímido, grandalhão e meio desajeitado que, pra completar, detesta seu nome. Mas ele escreve bem e é ótimo em Literatura. Da noite pro dia, torna-se o “queridinho” da escola por conta de um misterioso blog de poesias. Mas, por enquanto, ninguém desconfia de que ele seja o célebre escritor Pássaro das Sombras. Além disso, a bicharada está se preparando pra festa do ano: o badalado aniversário da macaca Dalila. Haja suspense e emoção nesta história, que conta com muitos bichos divertidos, incluindo um porco-espinho quase vilão, o Antero, que promete tirar o sono do Oreosvaldo e do Pássaro das Sombras.

A novidade do conto é que o site do Pássaro das Sombras existe de verdade. Além disso, o personagem possui páginas no Facebook, Twitter e perfil no Google +. Pra conhecer, basta acessar www.opassarodassombras.com.br.

As ilustrações são do artista italiano Maurizio Manzo e estão imperdíveis.


UMA HISTÓRIA, UMA LOROTA... E FIQUEI DE BOCA TORTA! - Editora Saraiva/Formato



“Só abra se quiser. Se não quiser, fique parado, olhe pro lado e dê no pé!”
Essa mensagem misteriosa foi encontrada em um estojo de lápis de cor, esquecido ao final da aula. O que será que ela queria dizer?

Se você tiver coragem pra descobrir, vai mergulhar em deliciosas histórias, como a do sofá xadrez, velhinho mas tão amigo de todos naquela casa. Vai conhecer um cachorro engraçado que foi pra aula com seu dono e por lá aprontou das suas! Vai tentar salvar um pé de manga e quem sabe virar notícia de tevê!? Vai sacudir os cabelos ao som de uma banda da pesada e se refrescar com um chup-chup geladinho, vendido pelo Guito. 

Deu pra perceber que as aventuras desse livro são diversão garantida! 
As ilustrações da obra são da artista plástica Adriana Camargo, da Escola Guignard.


METADE É VERDADE, O RESTO É INVENÇÃO - Editora Saraiva/Formato

Agora também em versão digital. Está o maior barato!

Na rua das Petúnias, número 22, em uma casa verde, mora o menino que anota o seu dia a dia nas páginas de um livro. Tudo o que acontece na vizinhança e em sua vida de garoto merece um olhar atento e sensível. Essa é a história de "Metade é verdade, o resto é invenção".


São crônicas do cotidiano de um menino que sabe como é bom brincar numa rua cheia de árvores, ter amigos, se divertir, criar brincadeiras, tomar banho de chuva... tudo sem medo, na mais pura liberdade.
...
Ele conta como aprendeu a andar de bicicleta, como voou de balão, como criou uma tartaruga, como o galo do colega virou ensopado... Também conta do passeio de maria-fumaça, da bicicleta com motor que o primo esperto inventou, dos misteriosos vizinhos que foram embora sem se despedir, sem conhecer ninguém, e lembra com saudade de sua professora mais querida.

Ilustrado com graça e humor por Angelo Abu, o livro traz histórias simples da meninice e faz o leitor ficar com vontade de vivê-las ou se lembrar do que aproveitou da infância.

O narrador-personagem é engraçado e tem muito bom humor, mas não é bobo, pois sabe se indignar quando vê injustiça, tristeza e piada de mau gosto.