1.5.09

Nossos heróis não morrem





Nós precisamos de heróis para viver. E o que acontece então quando eles de repente vão embora, deixando a vida com uma dose a menos de sonho?

É hora de acreditar que um herói de verdade não precisa usar capa nem lutar contra vilões funestos. Um herói mesmo faz a gente descobrir que a vitória inventa muitos caminhos.

E se o coração se alegra mesmo sentindo saudade, ao se lembrar desse herói, é porque na realidade ele continua vivo.

PEDRO ANTÔNIO DE OLIVEIRA


Há 15 anos, Ayrton Senna sofria um acidente fatal na curva Tamburello, no autódromo de Ímola na Itália, durante o Grande Prêmio de San Marino de Fórmula 1. Naquele dia, o Brasil teve a certeza de que havia uma outra grande paixão ocupando nossos corações, além do idolatrado futebol.

34 comentários:

Daniel Braga disse...

Ah, como eu gostava desse carinha... até hoje eu me lembro do dia de sua morte. Mas a vida continua...

Até a próxima. Abraço.

*DB*

luciana disse...

é mmso.. 15 anos.. me lembro como se fosse ontem.. nunca perdia uma corrida, de lá pra cá, parei. perdeu a graça. beijo, querido, bom finde.

Lu Olhosdemar

Clayton Ângelo disse...

Esse realmente deixou saudades. Estamos carentes de heróis no esporte e na vida.

alma disse...

"E se o coração se alegra mesmo sentindo saudade, ao se lembrar desse herói, é porque na realidade ele continua vivo"

com os heróis e com aqueles que amamos :)

Fabioc disse...

tbm falei dele no meu blog
foi um grande herói que deixou uma imagem mto bonita e que é preservada até hoje
irou um mito pelo mito que era

Márcio Diemer disse...

Ótima homenagem!! Parabens!

alex e! disse...

...eu simplesmente adorava o Senna, foi, sem dúvida, o maior ídolo da minha infância! Fazia questão de assistir às suas corridas, e fiquei muito sentido quando ele se foi. De fato é um herói. Bela homenagem...

abraço do alex.....

Cris disse...

Eu me lembro do clima de tristeza que se instalou em nós saidos de um piquinique, e dando de cara com a notícia!
Com certeza precisamos de mais heróis, que nos façam ter esperança, lindo o post.
E obrigada pela visita!
Um grande abraço.

Jason Waider disse...

Homenagem linda cara. Ele sempre viverá em nossos corações. Deixou saudade mas pernece em nossos corações.
Abraço do Jason

' Joseαne Costα* disse...

' Ow...pra mim ele vai continuar vivo pra sempree, em meu coração ele viverá eternamente...

Que você tenha um ótimo final de semana^^

bjoo's no ♥

Josy*

Lucas Moratelli disse...

Belíssima homenagem.

Quando ele morreu eu tinha só três anos, então eu não lembro, mas com a grandiosidade que o nome dele tem no Brasil dá pra ter uma ideia a respeito.

"E se o coração se alegra mesmo sentindo saudade, ao se lembrar desse herói, é porque na realidade ele continua vivo."Lindo isso!

Abraço Pedro.

Ademerson Novais disse...

Otimas palavras....traz na memoria um ser iluminado que deixou muita coisa..particular...intima... que a gente conheceu..que a gente viu...

E quanto nossos herois...rsrsrrsrs..fica aqueles que tivemos quando crianças...nosso pais....nossos irmãos mais velhos....alguns amigos...e ate nós mesmo...por que não ser heroi de si mesmo as vezes...


Obrigado amigo pelas palavras...

Ademerson novais de Andrade

Marcelo A. disse...

Quinze anos... Quando vejo esse tipo de coisa, é que tenho certeza que realmente tô ficando velho...

Rsrsrsrs!

Parece que foi ontem. Eu fazia parte de um grupo de adolescentes da igreja e me preparava pra ir pruma reunião, quando a Globo noticiou a morte do Senna. Comoção nacional.

Sei lá, mas às vezes me pergunto, se vivo fosse, o Senna seria esse herói, idolatrado por tanta gente... No meio dessa história houve uma tragédia. Eu sei que tragédias quase sempre combinam com heróis, mas porque tem de ser assim? Podia ser diferente, né? Mas a vida tem seus próprios enredos e nem sempre o final é feliz...

De qualquer modo, foi uma perda irreparável. E a F-1 perdeu a graça completamente (pra mim, pelo menos). Mas herói, herói mesmo, na minha humilde opinião, é meu pai, que ralou a vida toda pra não faltar nada a meus irmãos e a mim.

Abração, Pedrão!

Marcelo.

glória disse...

olá Pedro, existem os heróis anônimos que mudam a vida tecendo silenciosas e cotidianas vitórias. esses nos inspiram assim como os heróis públicos. bjs e bom sábado

Karlla M. disse...

Que texto bacana! Gosto muito desse cara, puxa ele era um grende campeão e sempre levou isso com humildade. Até hoje não caiu a ficha de que ele realmente se foi. Parabéns pela homenagem.
Muito bom o seu blog!! Gostei muito também e serei uma fiel seguidora. Obrigada pela visita, mais um amigo que ganhei na blogosfera. Sempre que quiser, passa lá para uma visita.
Abraços e sucesso amigo!!

Fabricante de Sonhos disse...

Nossa! Uma linda homenagem a um cara que foi em tudo um bom exemplo!

Gostei muito, viu...
E essa sensação de "parece que foi ontem" é a mais esquisita de todas...

Que Papai do Céu mantenha a alma dele guardada no mais bonito lugar do Céu!

Pra vc amigo, desejo um lindo final de semana, viu?

Um beijo enorme...

Milla

G I L B E R T O disse...

Pedro

Bem a calhar neste aniversário esta lembrança deste grande brasileiro que foi Ayrton Senna!

Naquele dia (e ainda hoje, acredito eu!) Todos nós choramos... Saudades, deste herói que usava macacão!!!!

Bacana ter estado aqui!

gerson oliveira disse...

Ah até hoje me espelho nele. Acho que é isso viver eternamente.

Abraço.

Jason Waider disse...

Oh cara obrigado por teres passado em meu blog. Valeu pela força.
Abraço.

Luan Fernando disse...

Ayrton Senna sempre será um exemplo de um verdadeiro herói, e além disso, um exemplo de como devemos honra esse Brasil que todo mundo tanto ama.

Fatima disse...

Oi Pedro!
Vim ficar um pouquinho com vc e te falar que seu blog é muito interessante. Vc tem muito talento. Parabéns!
Gostaria de te convidar para conhecer o meu blog. Vais ser um prazer receber sua visita lá em casa

Cαmilα ♥ disse...

Uau, quanto bom gosto por aqui.
E de cara me deparo com um post tão bonito, uma homenagem mais que merecida.

Muito boa sua torre, realmente mágica!

Voltarei, tá?!
BeijOs

dand[angel]black disse...

Não tive a chance de vê-lo, mas sei o quanto ele significou para o pais.
Também estou de olho aqui, na sua torre - O.N.A ;D

Marcelo A. disse...

Respondendo ao teu comentário... Rsrsrsrs!

Cara, eu também gostava do Ayrton. Mas sei lá... acho que a morte trágica dele ajudou a criar a figura de herói sim. O cara até hoje é reverenciado - e olha que existiram outros tão bons (ou melhores, como você diz)... Com os Mamonas não rolou muito, mas esse tipo de coisa sempre deixa a figura com cara de mito. Olha o James Dean, a Marilyn e outros tantos. E lembrando: eu gostava dele. Muito. Só não sei se o cara seria esse herói todo se a coisa não terminasse do jeito que terminou naquele domingo. Mas deixa pra lá. Não quero polemizar! KKKKKKKKKKKKK!!!!!

Ei, deu uma guaribada aqui, foi? Tinha percebido não... Gostei das fotos no pé da página! Uahahahahahahahaaaaaa!!!!

Abração e bom domingo!

Mimirabolante disse...

Olha,eu me lembro como se fosse hj.....é incrível como precisamos de heróis....vc fez uma bonita homenagem.....ele merece !!!!

Talma disse...

Uau, linda homenagem. A gente não esquece nunca, não é??
Sabe, fico revoltada, quando escuto o Tema da Vitória, qualdo alguém ganha alguma coisa. É como se estivessem ustrajando a memória dele, usando para outro, algo que era APENAS dele!
Abraços.

Zé Abrão disse...

pois é, aí a gente tem que aguentar o Rubinho Pé de Chinelo e Galvão....ai ai

Lu Paes disse...

Oi, pedro!
seus últimos textos estão lindos! Amizade, amor, admiração...tem algum "A" que você deixou de fora? hauhauua

Seu texto do Senna me lembrou uma frase. Falando sobre heróis de verdade, sobre a importância de pessoas como nós, de carne, osso e sentimentos, me lembrei de uma frase bonita: "você pode ser só mais uma pessoa no mundo, mas pode ser o mundo de uma pessoa".
Achei lindo.

Ah, obrigada por se casar comigo! heheheheheh

Beijos da Lu!

ps.: 22 anos. 37 anos. 45 anos. 59 anos. Quer que eu continue?? hehehe

Vanderhugo disse...

É como disse o nosso grande Guimarães Rosa: "As pessoas não morrem. Ficam encantadas."

Belo blog,

abraços

Rabisco disse...

Eu era miúdo e ainda me lembro bem de isso acontecer...

mano maya kosha disse...

tenho no meu profile cravadamente bem feito, o depoimento dele, onde diz mais menos assim "para ter seu próprio rumo, você precisa ser firme, pois se você perder seu rumo, você não é ninguém, e muitas vezes para tal, é preciso brigar mesmo"

≈ João Pé-de-Feijão ≈ disse...

Os Heróis de verdade são eternos e imortais.

Muito bom!

abraços

Algodão doce disse...

PUXA!!! QUANTOS COMENTÁRIOS!!! TEM UM ESPAÇO PARA O MEU??? RS...RS... VIM RETRIBUIR SUA VISITA!!! ADOREI O SEU BLOG!SUAS POSTAGENS SÃO ÓTIMAS!!! JÁ VIREI SEGUIDORA!OBRIGADA PELO RECADINHO NO BLOG! BJOKAS, NATÁLIA.

Cristina e Márcia disse...

Fiquei muuuuito emocionada ao ler a tuas palavras sobre esse cara fantástico que não vai sair nunca da nossa lembrança.
Vc tem a emoção nas palavras. Estou encantada nessa torre, rsrsrrss.
Marcia